22/09/21 - Biodiversidade

As cavidades de Carajás abrigam ricos ecossistemas ainda pouco conhecidos. Os projetos investigam a biodiversidade dos ecossistemas subterrâneos ferruginosos da região e os fatores que influenciam em sua distribuição e manutenção. Desta forma, aliamos o uso de inovações tecnológicas, como a aplicação de ferramentas genômicas e biologia molecular de última geração, a análises robustas de bancos de dados desenvolvidos por mais de uma década. Nossas abordagens incluem análises de ecologia das paisagens, DNA ambiental, genética de populações, telemetria e bioacústica, com o objetivo de fornecer subsídios para o manejo, a conservação e a criação de protocolos que aperfeiçoem as práticas de acesso à biodiversidade.