24/11/21

O Instituto Tecnológico Vale Desenvolvimento Sustentável (ITV DS) foi criado em 2009 e tem se consolidado como uma das instituições de pesquisa em desenvolvimento sustentável mais importantes da região Norte do país, mantém um curso de mestrado profissional recomendado pela CAPES e desenvolve pesquisas nas áreas de Biodiversidade e Serviços de Ecossistema; Genômica Ambiental; Tecnologia Ambiental; Geologia Ambiental e Recursos Hídricos; Socioeconomia e Sustentabilidade; e Computação Aplicada. Por meio desde, disponibilizamos uma bolsa de pós-doutoramento para o desenvolvimento de trabalhos junto ao grupo de pesquisa Tecnologia Ambiental.

O ITV valoriza a diversidade em todas as suas formas, cores e crenças. Acreditamos que nossas equipes devem ser o reflexo da pluralidade que existe não só nas comunidades em que atuamos, mas no mundo. Por isso, incentivamos a candidatura de grupos pouco representados, incluindo mulheres, pessoas negras ou indígenas, pessoas com deficiência e da comunidade LGBTQI+.

Especialidade: Monitoramento ambiental

Localidade: Belém/PA ou remoto com eventuais viagens

Carga horária semanal: 40 horas

Modalidade de bolsa: Pós-doutorado

Valor da bolsa: R$ 7.373,10

Duração da bolsa: 12 meses

Período de inscrição: 24/11/2021 – 12/12/2021

Pré-requisitos obrigatórios:

  • Doutorado em ciências ambientais, geociências e áreas afins concluído há menos do que 7 anos;
  • Experiência com o uso de ferramentas de SIG, incluindo análises de imagens (de satélite) (OBIA), comprovado a partir da sua produção científica;  
  • Conhecimentos sobre a mitigação de impactos sobre a biodiversidade e serviços ecossistêmicos (em regiões tropicais); e
  • Excelente capacidade de escrita em inglês para auxiliar na redação de manuscritos.

Pré-requisitos desejáveis:

  • Os candidatos devem ser excepcionalmente motivados, capazes de trabalhar de forma independente, mas com grande capacidade de trabalhar em equipe.

Atividades e responsabilidades:

O candidato selecionado irá compor a equipe multidisciplinar do projeto intitulado ‘No Net Loss em Carajás: Identificar lacunas e as melhores práticas para mitigar impactos da mineração sobre a biodiversidade’, e desenvolverá as seguintes atividades:

  • Catalogação e a espacialização das atividades de recuperação, restauração e compensação de biodiversidade da Vale em Carajás;
  • Detecção remoto de mudanças no uso e na cobertura da terra em áreas destinadas para a compensação;
  • Comparação entre perdas e ganhos de biodiversidade em nível de projetos; e
  • Identificação das abordagens mais eficazes para alcançar No Net Loss em Carajás.

Documentos obrigatórios:

  • Carta de motivação
  • Currículo Lattes

Os interessados devem enviar a documentação solicitada ao e-mail: markus.gastauer@itv.org