(PT) Proteômica comparativa de Isoetes cangae em cultivos Ex-situ

Author(s): COSTA, Carlos Alexandre Rocha da; NASCIMENTO, Sidney Vasconcelos do; COSTA, Paulo Henrique de Oliveira; OLIVEIRA, Guilherme; CALDEIRA, Cecílio Frois; VALADARES, Rafael Borges da Silva
Summary: (PT) A espécie Isoetes cangae foi recentemente descrita e é restrita a uma população em um lago natural permanente da Serra Sul de Carajás. Segundo os critérios adotados pela IUCN (International Union for Conservation of Nature), esta espécie pode ser classificada como criticamente ameaçada. Estratégias de conservação estão sendo desenvolvidas para evitar a perda da espécie, incluindo a conservação ex situ. No presente estudo, foram analisados os perfis quantitativos de proteínas de I. cangae cultivadas em três substratos alternativos (Jiffy®-7, Jiffy®-7&canga e Aqua soil) e no substrato de ocorrência natural da espécie (Lake Sediments), a fim de entender o perfil de expressão dos produtos gênicos em diferentes condições ambientais, bem como analisar qual destes substratos seria o mais adequado para cultivo em comparação ao substrato natural. As plantas foram propagadas no laboratório de cultivo de plantas do ITV e cultivadas em condições controladas durante 10 meses. Uma amostra composta, contendo parte aérea e raízes de duas plantas por tratamento, foi coletada e o proteoma foi analisado em triplicata. No total foram identificadas 638 proteínas. Um total de 103 proteínas apresentou acúmulo diferencial nos tratamentos em relação ao controle. O substrato Aqua Soil foi onde as plantas apresentaram o perfil de proteínas mais próximo ao observado no substrato controle. Proteínas envolvidas no metabolismo fotossintético foram menos acumuladas em plantas cultivadas nos três tratamentos alternativos o que pode estar relacionado a queda de desempenho destas plantas nestes substratos. Este estudo demonstrou que proteínas como α-manosidase, ATPases, bem como aquelas relacionadas a respostas a estresses estresse oxidativo, chaperoninas, heatshocks estão diretamente relacionadas a resposta a estresses abiótico. Além disso, proteínas envolvidas na manutenção da fotossíntese e metabolismo de lipídios também tem sua produção alterada de acordo com as condições de cultivo. Sobretudo, este experimento demonstra que o monitoramento dessas proteínas por espectrometria de massas é viável e pode contribuir para monitorar o desempenho de Isoetes cangae em condições naturais ou cultivos ex-situ.
Year: 2019
Pages: 19 f.
DOI: 10.29223/PROD.TEC.ITV.DS.2019.18.Costa
Year of publication: 2019
Link to PDF: Click here