Vulnerabilidade de comunidades no entorno de uma linha de transmissão de energia elétrica em São Luís – Maranhão

Autor(es): DIAS, Rafael Pompeu
Resumo: A área de implantação de uma linha de transmissão é restrita para a ocupação humana para garantir a segurança das pessoas e da infraestrutura e para facilitar as inspeções preventivas. No entanto, por vezes, essas áreas são ocupadas por populações de baixos recursos, gerando uma situação de risco. Esta pesquisa tem como objetivo caracterizar e analisar a vulnerabilidade da população residente nas faixas de servidão de uma linha de transmissão de energia elétrica, que se estende da ELETRONORTE até às instalações portuárias da empresa Vale, no município de São Luís, Maranhão, e compará-la à vulnerabilidade de comunidades vizinhas. A metodologia utilizada é baseada em dados obtidos por survey nas comunidades estudadas, focando fatores socioeconômicos. Os dados obtidos foram tratados e analisados estatisticamente. O índice de vulnerabilidade foi definido a partir das variáveis selecionadas usando a metodologia de componentes principais. As médias do índice de vulnerabilidade foram comparadas, por meio do software SPSS, usando a metodologia de Kruskal-Wallis. Como resultado, verificou-se que as famílias residentes no Linhão possuem uma vulnerabilidade classificada como muito alta e as famílias das comunidades vizinhas possuem vulnerabilidade alta, com exceção da comunidade de Sitinho, que também tem vulnerabilidade muito alta. Conclui-se assim que os níveis de vulnerabilidade são bastante altos em toda a região, mas as famílias que ocupam a faixa do Linhão estão em situação ainda mais precária.
Ano: 2018
Páginas: 54 f.
Ano de publicação: 2018
Orientação: Jorge Manuel Filipe dos Santos, Dr.
Link para o PDF: Clique aqui
Curso: Mestrado em Uso Sustentável de Recursos Naturais em Regiões Tropicais