Mapeamento hiperespectral em frente de lavra

Autor(es): PABÓN, Rosa Elvira Correa; PESSIN, Gustavo; ROCHA, Filipe; ALMEIDA, Wesley; MOREIRA, Daniela; GONÇALVES, Kleverson C. G.; DIAS, Adilson; RAFAEL, Gleisson; BUZZI, Daniela; SOLÉ, Rubén Antonio Llobell
Resumo: Processos mais ágeis relacionados com a caracterização do minério tornam-se necessários visando a otimização da produtividade, controle de qualidade e tomada de decisões, assim como a diminuição de possíveis riscos nas operações. Neste sentido, o estudo de tecnologias já desenvolvidas e a avaliação do seu potencial de operacionalização podem fornecer alternativas para tornar os processos mais ágeis e seguros. Neste projeto foi explorada a possibilidade de uso de técnicas espectrais, mais exatamente o sensoriamento remoto hiperespectral, no que tange à caracterização mineral. Modelos avançados para classificação mineral, tanto em ambiente de laboratório como in-situ em frente de lavra, foram investigados. Adicionalmente, foi analisado como umidade e radiação solar influenciam a performance destes modelos.
Ano: 2020
Páginas: 42 p.
DOI: 10.29223/PROD.TEC.ITV. MI.2020.36.Pabon
Ano de publicação: 2020
Tipo de relatório: Parcial/ Disponível apenas Sumário "Uso Restrito"
Link para o PDF: Clique aqui