Lista das espécies inventariadas no âmbito do projeto Capital Natural

Autor(es): GIANNINI, Tereza Cristina; ZAPPI, Daniela C.; MIRANDA, Leonardo S.; BARBOSA_SILVA, Rafael G.; ANDRINO, Caroline O.; DANTAS, Sidnei M.; MAIA, Ulysses M.; HIURA, Alice; RAIOL, Rafael L.; CASTRO, Amanda P.
Resumo: O Capital Natural define o estoque de recursos naturais que pode originar um fluxo de bens e/ou serviços, e produzir valor para as pessoas de maneira direta ou indireta. Existem iniciativas de valorar o capital natural através da análise de biodiversidade, mas, ainda não há nenhum trabalho desse tipo para a Amazônia. A proposta central do Projeto Capital Natural é de produzir conhecimento sobre a floresta Amazônica a fim de subsidiar a valoração do potencial de fluxo de bens e serviços providos pelo ecossistema. O presente relatório tem como objetivo apresentar a lista de espécies inventariadas até o momento em 14 parcelas na Floresta Nacional de Carajás. A coleta de dados ocorreu entre agosto e novembro de 2019 na Carajás, sendo que cada ponto amostral distava de, pelo menos, 200 metros da borda. Três grupos da fauna estão sendo inventariados: borboletas frugívoras (Nymphalidae), abelhas de orquídeas (Euglossini) e aves. Além disso, a flora vem sendo inventariada nas mesmas parcelas. Os métodos para inventário seguiram protocolos próprios para cada grupo, e estão descritos no presente texto. No total, foram obtidos 3933 registros, considerando-se fauna e flora. No que diz respeito à fauna, foram inventariados 105 indivíduos em 37 espécies dentro de 24 gêneros de borboletas; 491 indivíduos de 48 espécies dentro de 14 gêneros de abelhas e; 1747 vocalizações foram identificadas como pertencentes a 193 espécies dentro de 156 gêneros em 46 famílias de aves. No que diz respeito à flora, foram coletados 1590 exemplares e até o momento foram identificadas 51 famílias e 74 gêneros. Futuras coletas complementarão os dados apresentados aqui.
Ano: 2020
Páginas: 64
DOI: 10.29223/PROD.TEC.ITV.DS.2020.43.Giannini
Ano de publicação: 2020