Externalidades socioeconômicas do programa de Agricultura Familiar na Amazônia Paraense: o caso do polo Concórdia do Pará

Autor(es): SILVA, Naima Comesanha e
Resumo: Este trabalho objetivou expor, analisar e avaliar externalidades de caráter socioeconômico geradas com o Programa de Agricultura Familiar da Biopalma (PAF Biopalma) às famílias de agricultores vinculados ao programa, especificamente, ligadas ao polo Concórdia do Pará. O resultado deste estudo permitiu, além de traçar o perfil socioeconômico das famílias participantes, observar qualitativa e quantitativamente as mudanças ocorridas em seu cotidiano - considerando o momento anterior e posterior à participação no programa. Os critérios relativos ao nível de satisfação das famílias parceiras, qualidade de vida e perspectiva de futuro tiveram avaliação positiva. Ainda que o estudo tenha demonstrado melhoria em termos econômicos na vida seus participantes, muito ainda precisa ser alcançado para promover a sustentabilidade, especialmente, sob o aspecto do desenvolvimento social.
Ano: 2018
Páginas: 53 f.
Ano de publicação: 2018
Orientação: José Aroudo Mota, Dr.
Link para o PDF: Clique aqui
Curso: Mestrado em Uso Sustentável de Recursos Naturais em Regiões Tropicais