Experimentos em túnel de vento para secagem e emissão de particulados de minério de ferro em modelo de vagões de trem

Autor(es): Santos Jr., R. M.; Fontana, A. R. L.; Cunha, A. J. L.; Mesquita, A. L. A.; Gontijo, C. F.; Leal Filho, L. S
Resumo: A poluição atmosférica causada pela geração de poeira à partir do desprendimento de particulados de leitos de concentrado de minério de ferro (CMF) transportados em vagões ferroviários, gera algumas dificuldades para comunidades de áreas do entorno da linha férrea. A presença de água nos interstícios das partículas é uma opção viável para se inibir a geração de poeira. Diante deste cenário, o objetivo deste trabalho é avaliar o mecanismo de secagem e emissão dos particulados de poeira gerados durante o transporte, por meio de ensaios com modelos de vagão. Para reproduzir o escoamento de ar sobre os vagões, foi utilizado um túnel de vento de seção de testes de 600mm x 600mm, capaz de reproduzir velocidades até 30m/s, e um modelo em escala 1:20 de um vagão de transporte de minério. A influência da velocidade do vagão na emissão do poeira é feita por meio de duas velocidades do ar, 40km/h e 70km/h, para diferentes valores de umidade do minério de ferro. O mecanismo de secagem e a emissão de particulado são avaliados a partir da perda de massa de material do interior do modelo de vagão e da umidade do material remanescente ao término do ensaio, em cada velocidade e umidade de referência analisados. Resultados mostram que o aumento da velocidade do escoamento aumenta a perda de massa de material contida no interior do modelo de vagão e o aumento da umidade do material reduz significativamente a perda de massa.
Periódico: Encontro Nacional de Tratamento de Minérios e Metalurgia Extrativa
Ano: 2017
Volume: XXVII
Páginas: p. 1-8