Estudo da Diversidade de Cianobactérias Provenientes do Lago das Três Irmãs localizado na canga amazônica da Serra dos Carajás/Pará

Autor(es): FEITOSA, Anderson Miguel Teixeira; BITENCOURT, José Augusto Pires; VASCONCELOS, Santelmo
Resumo: A Amazônia brasileira é composta por uma das maiores florestas tropicais e uma das mais ricas regiões em relação à biodiversidade disponível, além de apresentar uma vasta variedade de ecossistemas com diferentes características. Dentre eles, existe o ecossistema da Serra dos Carajás, que é um complexo montanhoso localizado no Sudeste do Estado do Pará, caracterizado pelo relevo acidentado, presença de platôs de afloramentos de rochas ferruginosas isoladas e pela riqueza de recursos minerais, onde se encontra a Canga. O ecossistema da canga foi moldado ao longo de milhares de anos por meio de processos evolutivos que desenvolveram comunidades que prosperam em condições ambientais severas e únicas. Os lagos encontrados na canga apresentam várias diferenças e particularidades em relação a outros lagos de formações diferentes, principalmente por estarem em ambientes ricos em minérios,como ferro e alumínio, por exemplo, além de serem bastante sensíveis a alterações causadas por ações humanas, porem ainda sim, são encontrados diversos organismos que se desenvolvem na região, como por exemplo as cianobactérias. As cianobactérias são procariotos gram-negativos, cosmopolitas com fotólise mediada por oxigênio, que surgiram e floresceram no planeta há mais de dois bilhões de anos. Elas podem ser encontradas em quase todo os tipos de ambientes, como oceanos, água doce, solo rochoso, desertos, plataformas de gelo, nascentes de água quente de lagos árticos e antárticos, bem como na forma de endossimbiontes em plantas, liquens e vários protistas. Esses micro-organismos têm potencial para contribuir para o aumento da produtividade em uma variedade de aplicações agrícolas e ecológicas. Nesse contexto o estudo das cianobactérias das lagoas de Canga se mostra importante devido ao papel essencial desses micro-organismos na manutenção dos ecossistemas onde estão presentes, principalmente considerando aqueles com baixa quantidade de nutrientes e sujeitos a outros estresses como, por exemplo, altas
temperaturas e acidez do solo. Abordar esses estudos através de técnicas genômicas e microbiologia clássica nos permitiu analisar a composição de micro-organismos, com um foco nas cianobactérias, principalmente analisando a diferença de estações de coleta, além de ter sido possível cultivar as cianobactérias em laboratório, o que nos permite fazer testes futuros, com as mesmas, visando avaliar seu potêncial como o de produção de biofilme e de fixação de carbono.
Ano: 2020
Páginas: 73 p.
DOI: 10.29223/PROD.TEC.ITV.DS.31.Feitosa
Ano de publicação: 2020
Tipo de relatório: Parcial/ Disponível apenas Sumário "Uso Interno"
Link para o PDF: Clique aqui