Estudo da diversidade de cianobactérias provenientes do lago das três irmãs localizado na canga amazônica da Serra dos Carajás/ Pará

Autor(es): FEITOSA, Anderson Miguel Teixeira Cruz
Resumo: A Amazônia brasileira é composta por uma das maiores florestas tropicais e uma das mais ricas regiões em relação à biodiversidade disponível, além de apresentar uma vasta variedade de ecossistemas com diferentes características. Dentre eles, existe o ecossistema, encontrado na Serra dos Carajás, a Canga. O ecossistema da canga foi moldado ao longo de milhares de anos por meio de processos evolutivos que desenvolveram comunidades que prosperam em condições ambientais severas e
únicas. Os lagos encontrados na canga apresentam várias diferenças e particularidades em relação a outros lagos de formações diferentes, principalmente por estarem em ambientes ricos em minérios, além de serem bastante sensíveis a alterações causadas por ações humanas, existem organismos que vivem nesse ambiente como as cianobactérias. As cianobactérias têm potencial para contribuir para o aumento da produtividade em uma variedade de aplicações agrícolas e ecológicas. Nesse contexto o estudo das cianobactérias das lagoas de Canga se mostra importante devido ao papel essencial desses micro-organismos na manutenção dos ecossistemas onde estão presentes. Abordar esses estudos através de técnicas genômicas e de microbiologia clássica nos permitiu analisar a composição de micro-organismos, com um foco nas cianobactérias, principalmente analisando a diferença de estações de coleta, além de ter sido possível cultivar as cianobactérias em laboratório, o que nos permite fazer testes futuros, com as mesmas, visando avaliar seu potêncial como o de produção de biofilme e de fixação de carbono.
Ano: 2020
Páginas: 27 f.
Ano de publicação: 2020
Link para o PDF: Clique aqui
Curso: Mestrado em Uso Sustentável de Recursos Naturais em Regiões Tropicais