Dinâmicas urbanas ao longo de ferrovias

Autor(es): SILVA, Lilyan Regina Galvão da
Resumo: O trabalho analisa as dinâmicas urbanas ao longo de duas ferrovias da mineradora Vale: a Estrada de Ferro Vitória-Minas (EFVM) e a Estrada de Ferro Carajás (EFC). Trata-se de ferrovias que cumprem importantes papeis no transporte de cargas e passageiros. O trabalho objetiva compreender a relação espaço urbano e ferrovia, observando-os sob às influências do processo de mineração, haja vista ser este um processo que tem desenhado espacialidades historicamente. Por estarem localizadas em áreas geográficas com níveis de desenvolvimento distintos ensejam diferentes modos de articulação com a ferrovia que merecem ser visibilizados, sobretudo em virtude dos projetos da mineração previstos principalmente para a Região Amazônica. Em função da complexidade que esta relação sugere e dos poucos estudos científicos, o trabalho fez uso de pesquisas documentais, atividades de campo e estudos etnográficos consubstanciados pela reunião de literaturas que contribuíssem na interpretação da temática. Em função disto, procurou-se estabelecer uma metodologia de análise quanti-qualitativa com vistas a alcançar o objetivo de caracterização, física e contextual, ao qual o trabalho propõe-se. Os resultados foram sistematizados em matrizes de influência que cruzam dados e informações relacionados aos níveis de articulação das cidades com a ferrovia, permitindo verificar os modos de relação existentes e indicando situações padrões de interação. A partir disso, foi possível definir cenários de interação que, sob a influência da mineração, indicam dois tipos predominantes de relação com a ferrovia e cidades: (a) impactos físicos e socioeconômicos e (b) apenas como impactos físicos. Estes resultados contribuem na interpretação de espaços urbanos ao longo de ferrovias e possibilitam o direcionamento de planejamentos mais específicos.
Ano: 2016
Páginas: 156 f.
Ano de publicação: 2016
Orientação: Ana Claudia Duarte Cardoso, Dra.
Link para o PDF: Clique aqui
Curso: Mestrado em Uso Sustentável de Recursos Naturais em Regiões Tropicais