Avaliação do InVEST visando a valoração de serviços ecossistêmicos

Autor(es): SOUSA, Bruna dos Santos Bandeira
Resumo: Na perspectiva de que a valoração dos serviços ecossistêmicos é um assunto relativamente novo, este trabalho teve o intuito de avaliar a possibilidade de valorar as áreas de preservação da Vale, a Serra da Bocaina em Carajás no Pará e a Mata do Jambreiro em Minas Gerais, através do programa de modelagem InVEST, por intermédio dos módulos Crop pollination e Habitat quality, com uso dos dados de diversidade de abelhas e da flora, das duas áreas citadas. Foram verificados quais os requisitos e quais os dados de entrada que são necessários para que o programa gere resultados mensuráveis com enfoque na valoração de serviços ecossistêmicos, ponderando a aplicabilidade das variáveis utilizadas pelo modelo e a disponibilidade de informações. Os modelos gerados pelo programa serão apresentados e discutidos, com os resultados para as duas áreas de estudo trazendo: Classes de uso da terra; Abundância potencial de polinizadores para áreas agrícolas do entorno; Abundância potencial de polinizadores por célula da paisagem, considerando-se os recursos florais presentes nas proximidades; Exemplo de abundância de polinização; Exemplo de disponibilidade de locais de nidificação para a espécie Centris aenea. Conclui-se que o InVEST é um programa que pode ser usado para valoração espacial e geográfica se os dados necessários estiverem disponíveis. No entanto, caso o intuito da pesquisa seja exclusivamente a valoração com enfoque econômico, então serão necessários determinar dados e métodos complementares a serem aplicados.
Ano: 2017
Páginas: 79 f.
Ano de publicação: 2017
Orientação: Tereza Cristina Giannini, Dra.
Link para o PDF: Clique aqui
Curso: Mestrado em Uso Sustentável de Recursos Naturais em Regiões Tropicais