14/11/2019

Vale patrocina desafio no 14º Simpósio Brasileiro de Automação Inteligente (SBAI)

Equipe organizadora do ROSI Challenge, banca examinadora, homenageados e participantes do desafio de robótica

ROSI Challenge, o desafio de programação de robôs autônomos para inspeção industrial, reuniu estudantes e profissionais de diversas instituições de todo o país no 14º Simpósio Brasileiro de Automação Inteligente (SBAI). O evento aconteceu entre os dias 27 e 30 de outubro no Centro de Artes e Convenções da UFOP – Ouro Preto/MG, e foi promovido pela Sociedade Brasileira de Automática (SBA) em parceria com a UFOP e com apoio do Instituo Tecnológico Vale (ITV).

ROSI (Robô para Serviços de Inspeção) é uma plataforma robótica inovadora no setor industrial, usado na VALE para inspecionar Transportadores de Correia, longas estruturas responsáveis pelo transporte diário de milhares de toneladas de minério. Além de permitir aos operadores gerenciar seguramente a inspeção a distância, também aumenta a eficiência das análises estruturais por permitir a coleta de dados de forma padronizada.

O desafio

Os principais objetivos do desafio, que contou com o patrocínio direto da VALE, foi acelerar o desenvolvimento de algoritmos autônomos do ROSI e identificar novos parceiros de trabalho. “Os participantes tiveram quatro meses para, em um ambiente simulado, programar o robô para realizar tarefas rotineiras de inspeção de forma autônoma, como fazer a plataforma subir e descer uma escada, identificar um problema de forma automática ou desviar de um obstáculo” explica Filipe Augusto Santos Rocha, pesquisador assistente do ITV e um dos organizadores do desafio.

Todos os algoritmos desenvolvidos para a competição, seja pela organização ou pelas equipes, são de código aberto e estão disponíveis no repositório Github, espécie de rede social para desenvolvedores, onde esses profissionais podem trabalhar em projetos colaborativos.

Participantes de todo o Brasil

Foram 27 equipes inscritas, de 15 estados brasileiros, e nove finalistas. Cada equipe inscrita programou uma plataforma robótica que fosse capaz de realizar “Inspeção Autônoma Industrial em Transportador de Correia sobre Terreno Não Estruturado”. A final foi realizada no SBAI, onde os melhores resultados sobre o tema foram premiados:

  1. Lugar – R$ 10 mil em prêmios | Equipe Time_Ifes_Vitória
  2. Lugar – R$ 7 mil em prêmios | Equipe Pra Valê
  3. Lugar – R$ 3 mil em prêmios | Equipe AAI Robotics​​
“Foi uma experiência excelente. Eu, Wagner Ferreira Andrade e Wenderson Gustavo Serrantola, ambos bolsistas dedicados ao projeto ROSI e meu braço direito nesse projeto, não imaginávamos que o desafio ganharia uma proporção tão grande. Tivemos ganhos em vários âmbitos: técnico, projeto, educação, já que os códigos estão disponíveis e podem ser usados por pesquisadores e professores, além dos contatos realizados, que podem resultar em parcerias no futuro. Isso fez com que começássemos a pensar em novos desafios, talvez em outras aplicações do ROSI”, conclui Filipe.

Estande de apresentação do Instituto Tecnológico Vale, com os bolsistas e alunos de mestrado

Programação extensa

Além do ROSI Challenge, foram apresentados no evento mais de 800 trabalhos técnicos, extensa grade com minicursos, mesas redondas e palestras com temas de relevância para o mercado.

Entre os palestrantes, destaque para Abderrahmane Kheddar, Diretor de Pesquisa no Centre National de la Recherche Scientifique, da França; André Ponde de Leon, pesquisador da Universidade de São Paulo (USP); Carlos Roberto de Souza Filho, do Instituto de Geociências da Unicamp; Mario Cesar Mello Massa de Campos, do CENPES/ Petrobras; Silvia Silva da Costa Botelho, pesquisadora da Universidade Federal do Rio Grande; e Thomas Gustafsson, do Departamento de Sistemas e Tecnologia Espacial da Universidade de Tecnologia de Lulea, da Suécia.