04/06/2018 Ensino

A Flor de Carajás: o tesouro biológico desconhecido da Amazônia

Você conhece a Flor de Carajás? Trata-se de uma planta que só pode ser encontrada na Floresta Nacional de Carajás, unidade de conservação ambiental de mais de 400 mil hectares no Pará onde, no início dos anos 80, teve início o maior projeto de mineração do mundo. Com o nome científico de Ipomoea cavalcantei, a Flor de Carajás está ameaçada de extinção e, por isso, tem recebido forte atenção em pesquisas científicas lideradas pelo Instituto Tecnológico Vale – Desenvolvimento Sustentável (ITV-DS).

Um destes estudos foi publicado no início do mês na revista científica Frontiers in Plant Science, revelando que, ao contrário do que se esperava, a diversidade genética da espécie é elevada, e ela consegue manter um alto fluxo genético ao longo da sua área de ocorrência. Este conhecimento pode contribuir para a preservação da espécie, uma vez que a diversidade genética e o grau de isolamento de uma espécie determinam a sua capacidade de sobrevivência a longo prazo. Também foram encontrados genes associados às condições ambientais das savanas amazônicas, o que poderia auxiliar em futuros programas de conservação e ações de restauração envolvendo esta espécie.

O estudo é de livre acesso, e quem desejar buscar mais informações ou detalhes da publicação basta acessar esse link (em inglês).