(PT) Metaproteômica comparativa de solos de um gradiente temporal de recuperação

Author(s): TRINDADE, Felipe Costa; FONSECA, Lana Patricia da Silva; GASTAUER, Markus; OLIVEIRA, Guilherme; VALADARES, Rafael Borges da Silva
Summary: (PT) A recuperação de áreas degradadas (RAD) na mineração é condição obrigatória para que esta atividade continue a ocorrer de maneira sustentável. A metaproteômica é uma técnica que permite a identificação de peptídeos e proteínas sintetizadas por organismos do solo. A partir de análises de cromatografia líquida e espectrometria de massas de alta resolução, a metaproteômica permite mapear, quantificar e comparar funções bioquímicas e rotas metabólicas mais abundantes no ambiente, além de mostrar quais são os organismos mais ativos. A análise profunda da atividade biológica do solo contribui significativamente para inferir o status de recuperação do solo. Neste trabalho foram comparados o metaproteoma de um gradiente de áreas em recuperação, i.e., solo exposto, 4, 12 e 14 anos após a intervenção e um solo de floresta nativa adjacente como referência. Foram identificadas até 9 vezes mais proteínas nos solos recuperados em comparação com o solo exposto, além da retomada de processos importantes como os envolvidos na ciclagem de carbono e nitrogênio do solo. A área em recuperação de 12 anos atingiu os menores níveis de estresse biológico e maior similaridade filogenética bacteriana com a área nativa de referência. Sobretudo a metaproteômica se mostrou uma ferramenta poderosa para o monitoramento ambiental de áreas em recuperação, podendo auxiliar a tomada de decisão de procedimentos utilizados em RAD.
Year: 2019
Pages: 36 p.
DOI: 10.29223/PROD.TEC.ITV.DS.2019.17.Trindade
Year of publication: 2019
Release date: Novembro/2019
Kind of report: Relatório Final
Link to PDF: Click here